Histórico

As origens

Les originesEm 1956, o Dr. Emile Bohler, médico especialista em cirurgia geral e em ginecologia constrói a sua própria clínica privada em 104, route d'Arlon. Este estabelecimento, com uma capacidade de 45 camas, emprega então 35 pessoas.

A "Clinique Bohler" figurará no Plano Hospitalar do Grão-Ducado de 22 de junho de 1989 como instituição especializada em ginecologia e obstetrícia, então com uma capacidade de 75 camas.

Até 31 de dezembro de 2005, o estabelecimento gerido pela família Bohler empregava 150 pessoas e funcionou com uma equipa médica de 24 médicos (ginecologistas-obstetras, pediatras, anestesistas).

A "CLINIQUE BOHLER" em KIRCHBERG

La Clinique Bohler au KirchbergNo seguimento dos acordos de parceria assinados em abril 2002 entre a família Bohler e a "Fondation François Elisabeth (FFE)", a "Clinique Bohler" foi transferida para o Kirchberg em 1 de janeiro de 2006, para as suas novas infraestruturas e sob uma nova direção. Ela conserva a sua própria identidade, tanto ao nível da sua atividade médica e de tratamentos, como da sua gestão.

A "Clinique Bohler" continua a desenvolver as suas atividades através de dois pólos distintos:

  • o pólo de atividade «maternidade», graças à criação de um centro materno-infantil;

  • o pólo de atividade «ginecologia», graças à criação de centros de excelência (tratamento da infertilidade do casal, cirurgia ginecológica, senologia).

 

Graças às sinergias desenvolvidas com o "Hôpital Kirchberg", a "Clinique Bohler" pode agora oferecer todos os serviços de alta tecnologia necessários para o tratamento de patologias graves (neonatologia, reanimação adultos, internamento de oncologia), bem como todo o apoio organizacional, técnico, logístico e informático indispensável à boa gestão de um estabelecimento hospitalar desta complexidade.

No entanto, a conservação do carácter familiar e caloroso, bem como os cuidados gerados prestados à paciente que foram sempre a marca da Clínica. continuam a ser uma das suas grandes prioridades.

Em fins de 2006, a Clínica já tinha registado uma forte progressão no conjunto das suas actividades, confirmando assim o seu estatuto de Clínica da Mulher de Referência no Grão-Ducado.

Em 27 de março de 2014, a Fondation François-Elisabeth e a ZithaKlinik fundiram-se para formar um novo grupo hospitalar : os Hôpitaux Robert Schuman.

Partilhando os mesmos valores, o grupo reúne a Clinique Bohler, o Hôpital Kirchberg, a Clinique Sainte-Marie (anteriormente, os estabelecimentos da Fondation François Elisabeth) e a ZithaKlinik.