A sua admissão

Accueil

A sua chegada

A entrada faz-se tanto de noite como de dia, mesmo no em caso de urgência, pela entrada principal da Clínica situada em 5, rue E. Steichen. Apresente-se na Receção situada no hall de entrada. Tem a possibilidade de ser deixada diretamente à frente desta entrada, a pessoa que a acompanha poderá, a seguir, estacionar o automóvel no parque de estacionamento do Hôpital Kirchberg, aberto 24 horas por dia.

Chegada de noite (das 21h00 às 06h30):

Uma campainha exterior põe-na em contacto direto com uma equipa de prestadores de cuidados, que abrirá a porta após verificação do motivo da sua passagem e avisará, se for o caso, a equipa médica disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Chegada através das Urgências do Hôpital Kirchberg:

O pessoal do Hôpital Kirchberg fará a ligação entre os seus serviços e os da Clinique Bohler que a seguir assumirão o tratamento.

Pulseira de identificação

Desde 23 de janeiro de 2012 que é fornecida uma pulseira de identificação no momento da sua admissão, para garantir a sua identificação única ao longo da sua estadia no hospital.

Para sua segurança, é obrigatória a apresentação de um documento de identificação oficial (bilhete de identidade, passaporte ou carta de condução), com o cartão de segurança social* (CNS) no momento da sua admissão.

* o cartão CNS não é um documento de identificação oficial

Vantagens da pulseira:

  • Permitir uma identificação correta da pessoa que a usa.
  • Dispor de uma identificação única ao longo de toda a sua estadia.
  • Proteger a identificação do doente ao longo do seu tratamento.
  • Dispor de informações úteis.
  • Facilitar a passagem de um serviço para outro.
  • Melhorar a prestação de cuidados.

Informações administrativas

Antes de vir, pense em trazer:

  • um documento de identificação (bilhete de identidade, passaporte);
  • o seu cartão de segurança social, válido;
  • o seu livro de registo de saúde (se o possuir);
  • o seu cartão de mútua seguradora eventualmente;
  • qualquer outro documento administrativo que justifique uma situação específica (acidente de trabalho, maternidade, certificado de aquisição de direitos, etc.);
  • qualquer documento médico associado à sua vinda e aos seus tratamentos em curso (prescrições, correspondência do seu médico, radiografias e resultados de exames recentes, etc.).

Obviamente, se for internada no seguimento a uma ida às Urgências, um dos seus próximos, munido com estes documentos, pode regularizar a sua situação junto do balcão de admissões.

Em todos os casos (internamento ou passagem por ambulatório), pedir-lhe-emos os seus dados de contacto exatos, bem como os de uma pessoa de contacto.

- Se está inscrito(a) na Union des Caisses de Maladie luxembourgeoise (U.C.M. ) [União das Caixas de Seguro de Doença luxemburguesa]: Caisse des Employés Privés [Caixa dos Empregados Privados], Caisse de Maladie des Ouvriers [Caixa de Seguro de Doença dos Operários]...:

  • Cartão da segurança social.

  • Se a sua inscrição está em curso: carta de inscrição enviada pela Union des Caisses de Maladies informando o número e o início de validade.

- Se está inscrito(a) num país da União Europeia:

  • Cartão europeu para qualquer passagem não programada urgente.

  • Formulário E112 proveniente da instituição competente do seu país de origem, válida para a duração da sua estadia em caso de internamento.

  • Bilhete de identidade ou documento que nos permita conhecer a sua morada de origem.

  • Documento que nos permita conhecer a sua morada no Luxemburgo + pessoa de contacto.

- Se a sua inscrição depende das Comunidades Europeias:

  • Qualquer cartão ou documento que nos permita identificá-lo.

  • Uma declaração de cobertura da sua caixa de seguro de doença válida para a duração da sua estadia em caso de internamento.

- A sua presença no Luxemburgo está coberto pelo Ministério da Família, através do Commissariat du Gouvernement aux Etrangers (CGE ) [Comissariado do Governo para os Estrangeiros]:

  • Documento numerado emitido pelo CGE que autoriza os cuidados ambulatórios necessários.

  • Em caso de internamento: o documento numerado emitido pelo CGE, apenas por pedido do doente, válido para a duração da estadia.

- Esta inscrito8a) numa caixa privada ou não dispõe de qualquer caixa de seguro de doença:

  • Bilhete de identidade que nos permita identificar e conhecer as suas coordenadas exactas no seu país de origem.

  • Documentos que nos permitam conhecer os seus dados de contacto exatos + pessoa de contacto no Luxemburgo.

- Está inscrito(a) na Caisse Médico-Chirurgicale Mutualiste (CMCM ) [Caixa Médico-Cirúrgica Mutualista]:

  • Cartão de inscrição mencionando o número de adesão, cláusulas e validade da inscrição.

 

Objetos pessoais

  • Roupa:

    Para o seu conforto, pense em trazer objetos pessoais (o necessário para a higiene, pijama, roupão, pantufas, etc.) e toalhas.

  • Objetos de valor:

Não lhe recomendados que traga objetos preciosos ou grandes somas de dinheiro, pois a Clínica não pode ser considerada responsável por eventuais perdas e furtos.