Projeto de formação do pessoal médico e paramédico Burundi

O Hôpital Kirchberg está envolvido, em parceria com a ONG Christian Solidarity International (CSI) e a Maison Shalom, num projeto de formação do pessoal médico e paramédico no Hospital Rema em Ruyigi, no Burundi.

Em 2009, foi assinada uma convenção com uma duração de 3 anos, à razão de 2 missões de 2 semanas. Sob a iniciativa e coordenação do Dr. François Schank, equipas voluntárias do Hôpital Kirchberg, compostas por cirurgiões, enfermeiros instrumentistas, enfermeiros e/ou médicos-anestesistas, técnicos biomédicos, higienistas ou enfermeiros especializados ministram formações aos seus colegas burundianos:

  • formações centradas na cirurgia e cuidados pós-operatórios;
  • formação de alunos enfermeiros e elementos do pessoal dos serviços de cirurgia;
  • formação dos médicos em técnicas operatórias;
  • formação de um técnico biomédico.

A implementação de um programa de formação contínua por especialistas locais também está prevista e o objectivo principal consiste em tornar autónomo o hospital.

Em 2012, com a assinatura da segunda convenção, Sonja Ketema, enfermeira-anestesista no Hôpital Kirchberg, retoma o testemunho.

No projeto, também há uma missão de manutenção dos suportes logísticos e técnicos. Assim, foram equipadas duas salas de operações e estão presentemente funcionais e a sala de recobro está em curso de otimização.

Isto representa 1000 operações realizadas por ano (todas as cirurgias).

 

 

signature-2012Assinatura da convenção em 2012

 

 

Burundi op

Formação do pessoal

 

 

separation articles

 

Sonja Ketema, coordenadora do projeto Burundi, apresenta-nos esta iniciativa.